“Entidade” entra no corpo de cantora paraibana e ritual de exorcismo acaba em agressão; Veja

“Entidade” entra no corpo de cantora paraibana e ritual de exorcismo acaba em agressão; Veja

07/03/2018 às 01:00 Vista: 948 Vez(es)

A filha de Antônio Barros e Cecéu, Mayra Barros, fez uma denúncia grave, na tarde desta terça-feira (06), por meio das suas redes sociais. Ela conta que foi vítima de agressões, em uma festa de confraternização promovida por um bloco carnavalesco de João Pessoa que ofereceu uma homenagem aos seus pais, e que nessa festa tentaram exorcizá-la e a agrediram.

Pessoas que estiveram na festa, que aconteceu no sábado, negaram que tenha ocorrido essa agressão à jovem e disseram não saber o motivo de Mayra ter feito essas afirmações.

Sem mencionar nomes, Mayra divulgou nesta tarde de terça-feira um vídeo contando a história.

“Quiseram tirar o satanás de mim? Sera que essa é a forma? Com truculência? Será que satanás estava em mim? Estou sem voz de tanto gritar pedindo ajuda, vieram com incensos quando tudo que havia consumido era vinho, até meu conhecimento. E depois: eu que estava com o satanás no corpo?”

Mayra acusou participantes da festa de fazerem um conluio contra ela. Mayra disse que passou mal durante a festa e que sugeriram que ela deitasse. Quando ela deitou-se, começou a sentir o seu coração acelerar demais e um som foi ligado recitando versículos da Bíblia e pessoas a teriam atacado com incensos.

Ela disse que chorava desesperadamente, pedia ajuda e gritava muito, e que teria ouvido as pessoas falando que ela estava dominada por uma entidade.

A jovem disse que tentou sair de dentro da casa, foi para o terraço, mas foi derrubada no chão por um homem afrodescendente, que a agarrou pelo pescoço, entrando em luta corporal com ele.

Mayra conta que ficou muito machucada, apresentando hematomas, arranhões e que também torceu o pé.

A filha dos artistas paraibanos ainda explicou que resolveu fazer a denúncia porque seus agressores certamente iriam dizer que ela ‘surtou’ e que tudo isso seria criação da sua mente.

“O que eu lamento muito dentro da nossa Paraíba é que as pessoas costumam muito – ah, oba, oba – vamos fazer homenagem, vamos fazer isso e aquilo outro, mas isso não é do coração, não, gente”, declarou.

No seu perfil do Facebook, Mayra postou: “Meus pais estão em choque desde quando foram me buscar no local toda machucada. E eu devo me calar? De resto a justiça resolve. Nessas horas você vê a cultura de uma nação que quer calar as vítimas por medo. Eu nao tenho medo e se algo de mal me acontecer nesse Estado, aqui na PB por retaliação, aqui está meu pronunciamento…”

Mayra afirma que as agressões aconteceram em uma residência, supostamente do ex-vereador Fuba, onde estava acontecendo a festa. A homenagem ao casal Antônio Barros e Cecéu foi feita este ano pelo bloco Muriçocas do Miramar.

 

 

Fonte: Polêmica Paraíba com Click PB

O post “Entidade” entra no corpo de cantora paraibana e ritual de exorcismo acaba em agressão; Veja apareceu primeiro em Portal do Litoral PB.

VIA: Portal do Litoral PB

Deixe seu comentário