Árbitro relata mau comportamento da torcida do Treze no Clássico dos Maiorais

Árbitro relata mau comportamento da torcida do Treze no Clássico dos Maiorais

11/02/2019 às 22:00 Vista: 187 Vez(es)

Além de queda, coice. O saldo do Clássico dos Maiorais deste domingo (10) foi negativo para o Treze, que pode perder mando (s) de campo por conta do comportamento agressivo de parte da torcida após a derrota da equipe para o Campinense, no Amigão, em jogo válido pela quinta rodada do Paraibano 2019.

Nesta segunda-feira (11), a FPF divulgou a súmula da partida, assinada pelo árbitro Marcelo Aparecido de Souza. Ele registrou que alguns torcedores atiraram garrafas para dentro do gramado no momento em que o time alvinegro descia para o vestiário, ao final da peleja.

O mediador também relatou o ataque ao ônibus do Campinense, que teve vários vidros quebrados dentro do estacionamento do Amigão.

No documento, Marcelo Aparecido cita que “ao final do jogo, na saída dos jogadores da equipe do Treze, foram atirados pela sua torcida na direção dos atletas vários objetos: latas de cerveja, chinelos e garrafa plástica de água”.

O árbitro informou ainda que nenhum jogador foi atingido pelos objetos e que a equipe de arbitragem também teve acesso às informações, repassadas pelo delegado da partida, Pierre Honorato, de que o ônibus do Campinense teve seus vidros quebrados, mas que o fato não tinha sido presenciado pela equipe de arbitragem.

A súmula complica a situação do Treze, uma vez que o clube pode acabar pegando uma punição pesada caso seja considerado culpado pelos atos dos seus torcedores, que não foram identificados.

A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, disse nesta segunda-feira que as súmulas dos jogos do Campeonato Paraibano estão sendo encaminhadas direto para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SJJD), já que o tribunal local está passando por intervenção.

 

Portak Correio

 


VIA: Patos Online

Deixe seu comentário