Advogado exige que WhatsApp retire emoji de dedo do meio -ENTENDA

Advogado exige que WhatsApp retire emoji de dedo do meio -ENTENDA

21/01/2018 às 10:01 Vista: 92 Vez(es)

Um dos emojis mais mal educados do WhatsApp – e por isso mesmo é a diversão de muitos usuários – pode estar sob ameaça de sumir. O advogado indiano Gurmeet Singh, de Nova Delhi, promete processar o app de mensagens se ele não retirar de sua lista de emojis o que usa uma mão
com o dedo do meio erguido.
O motivo para isso? Singh se apoia na lei do país e visa proteger as mulheres de ofensas. Na “vida real”, mostrar esse dedo a uma indiana é uma grande ofensa prescrita em lei. As Seções 354 e 509 do Código Penal Indiano preveem como crimes, respectivamente, “ataque ou força criminal à mulher com a intenção de atentar seu pudor” e “palavra, gesto ou ato destinado a atentar ao pudor de uma mulher”.

“O uso de um gesto obsceno, ofensivo e obsceno por qualquer pessoa é ilegal, como é mencionado. De acordo com a seção 6 da Lei de Justiça Criminal (Ordem Pública), de 1994, mostrar o dedo médio também é uma ofensa na Irlanda”,  argumenta o advogado em seu aviso.
As penas para esse tipo de crime são prisão de até dois anos e multa, ou ambos.
Nem o WhatsApp nem o advogado responderam aos pedidos de resposta do portal “Cnet”, que deu a notícia na última quarta-feira (27).
Apesar de parecer bobagem a princípio – e pouco provável que o WhatsApp atenda ao pedido – é fato que o app tem uma influência muito grande na vida social da Índia, talvez igual ou maior do que no Brasil.

O post Advogado exige que WhatsApp retire emoji de dedo do meio -ENTENDA apareceu primeiro em Polêmica Paraíba.

VIA: Polêmica Paraíba

Deixe seu comentário