Alckmin vai ao comandante do PSB para não perder palanque de França

Alckmin vai ao comandante do PSB para não perder palanque de França

17/04/2018 às 07:00 Vista: 72 Vez(es)

Geraldo Alckmin passou recibos à entrada de Joaquim Barbosa na lista de pré-candidatos.

Primeiro, quando as conversas entre o ex-ministro e o PSB esquentaram, ele telefonou para Carlos Siqueira, presidente da sigla, para colher mais informações sobre o flerte.

Agora, às vésperas da filiação de Barbosa, num jantar em São Paulo, o tucano pediu autorização a Siqueira para que Marcio França continue trabalhando por ele.

Lógico, Alckmin teme ver seu sucessor no governo paulista engrossando o palanque adversário.

Na ocasião, o que o candidato do PSDB ao Planalto não precisou dizer é que, se França o abandonar, Alckmin trabalhará para arruinar o projeto Marcio França/PSB de continuar no Palácio dos Bandeirantes a partir de 2019.

A essa altura, João Doria só torce para que França abrace Joaquim Barbosa.

VIA: Radar – VEJA.com

Deixe seu comentário