Benício, sobre problemas em empresa com Picciani: “Nunca soube”

Benício, sobre problemas em empresa com Picciani: “Nunca soube”

13/03/2018 às 19:00 Vista: 74 Vez(es)

(Por Fernando Molica)

Em declaração enviada a VEJA, o ator Murilo Benício afirmou que “nunca soube” e nem desconfiou “de qualquer irregularidade” por parte da família do seu sócio na Agropecuária Copacabana (Agrocopa), o empresário Felipe Picciani, filho de Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio.

Suspeitos de utilização da empresa para lavagem de dinheiro, pai e filho estão presos desde novembro.

“Fui pego de surpresa com a notícia”,  afirmou Benício que,  segundo a agência que cuida de sua carreira, é sócio da Agrocopa desde 2012.

A suspeita de envolvimento de Picciani com irregularidades não é nova.

Em junho de 2013, o Ministério Público do Rio de Janeiro instaurou inquérito para apurar eventuais atos de improbidade administrativa cometidos por Jorge Picciani “por meio de operações de compra e venda de gado bovino, sêmens, óvulos, embriões animais, ocultando a natureza ilícita dos recursos, buscando-lhes conferir verniz de licitude.”

No último dia 8, a 6ª Vara da Fazenda Pública do Estado do Rio bloqueou R$ 1,230 milhão da Agrocopa e R$ 2,1 milhões da Agrobilara, que pertence à família Picciani.

Na decisão foram também bloqueados recursos de Jorge, Felipe e do sócio-administrador da Agrocopa, André Gustavo Vasconcellos Monteiro. Murilo Benício não é citado na ação do MP que gerou a decisão judicial.

Como o Radar antecipou no início da tarde de hoje, o ator decidiu sair da sociedade. Na declaração que enviou, ele disse aguardar “questões burocráticas” para que possa se afastar da Agrocopa.

“Abri mão de qualquer cota, porcentagem ou envolvimento na empresa, até que tudo seja elucidado”, escreveu.

Murilo Benício acrescentou:  “E como brasileiro, honesto que sou, mais do que ninguém quero ver tudo esclarecido”. A declaração foi enviada em resposta a um questionário enviado por VEJA.

Nos últimos anos, revistas e sites especializados no setor agropecuário publicaram diversas reportagens que citavam a participação do ator na empresa, especializada na criação de gado. Ele participou de eventos como leilões de animais das raças girolando e gir.

VIA: Radar – VEJA.com

Deixe seu comentário