Cesta básica do mês de julho tem redução em Campina Grande

Cesta básica do mês de julho tem redução em Campina Grande

11/07/2016 às 12:30 Vista: 118 Vez(es)

O Procon de Campina Grande realizou a pesquisa de preço da cesta básica do mês de julho, tomando por base o estudo feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O objetivo é apresentar aos consumidores os valores dos produtos da cesta básica nos principais estabelecimentos da cidade.

Conforme o Procon, se comparado com mês de junho, o preço médio da cesta básica, neste mês de julho, sofreu uma redução de 9,25%. Porém, o consumidor precisa estar atento para fazer uma economia significativa.

De acordo com os dados coletados, o menor preço do conjunto de produtos da cesta básica é de R$ 229,95 e o maior é R$ 293,89, o que representa uma economia de R$ 63,94, caso o consumidor escolha comprar no estabelecimento mais em conta.

paulo-porto1

Foto: Paraibaonline

“Os campinenses devem atentar para os preços dos produtos individualmente, pois há diferenças consideráveis de um estabelecimento para outro. Através dos dados, nossa equipe de pesquisa identificou oscilações de preço entre os supermercados amostrados”, alertou Paulo Porto, coordenador executivo do órgão.

Para obter a cesta básica mais em conta, o consumidor que recebe o salário mínimo líquido gastará 28,40% de sua remuneração.

Os produtos que obtiveram redução foram a batata (redução no preço médio de 39,20%) cujo preço caiu de R$ 8,80 para R$ 5,35. Em seguida está o tomate, com redução média de 13,57% (em junho o preço médio era de R$ 3,98 e neste mês caiu para R$ 3,44). Por fim, a banana obteve redução média de 7,06%, fazendo o valor médio cair de R$ 3,54 para R$ 3,29.

Segundo a pesquisa, os produtos que obtiveram aumento foram o arroz (quilo passou de R$ 2,40 para R$ 2,58 neste mês, aumento de 7,50%). Em seguida está o café em pó, com alta de 9,20% (custava em média R$ 3,26 e passou para R$ 3,56). E, por último, está o quilo do feijão, com aumento médio de 5,74% (antes o preço médio era de R$ 4,18 e passou para R$ 4,42).

Os produtos pesquisados não levaram em consideração a marca, mas o menor preço de cada produto.

A tabela completa e análise dos dados, com os valores e endereços dos estabelecimentos, está disponível para o consumidor campinense no endereço online www.proconcg.com.br.

VIA: Paraiba Online

Deixe seu comentário