Comissão preparatória da Conferência Jovem do Meio Ambiente define regulamento

Comissão preparatória da Conferência Jovem do Meio Ambiente define regulamento

13/09/2017 às 12:00 Vista: 32 Vez(es)

“O maior objetivo da conferência é o de politizar os jovens no debate voltado às questões ambientais”, afirma Ana Patrícia Araújo, membro do Coletivo Jovem do Meio Ambiente na Paraíba, sobre a expectativa para a Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, que está programada para março do próximo ano.

Patrícia foi uma das participantes da reunião da comissão estadual de organização, realizada na última terça-feira (12), a segunda destinada ao planejamento do evento. Foram definidos o regulamento da conferência e o regimento interno da comissão.

As comissões são formadas por representantes de instituições públicas e privadas e da sociedade civil. Esses coletivos garantem a realização das etapas estaduais da conferência.

Sua tarefa é mobilizar as escolas públicas para participarem da conferência e para isso usam diversas estratégias, como divulgação via internet, comunicação direta às escolas e regionais de ensino, realização de oficinas preparatórias da conferência e de formação de facilitadores.

As comissão também se articulam com organizações e pessoas interessadas em apoiar a conferência, coordenam campanhas publicitárias de sensibilização e realizam formações específicas na temática do evento. Além de organizar a Conferência Estadual e realizar o encontro preparatório da delegação para a etapa nacional, também coordena a escolha dos acompanhantes da delegação estadual.

É preciso se conscientizar – “A gente vê que hoje assuntos voltados para o meio ambiente estão em alta. Estão acontecendo em todo mundo vários desastres ambientais e essa juventude tem que entender o que está causando esses desastres. Então, quando a gente trabalha isso dentro da escola, estamos abrindo as perspectivas dos jovens sobre o assunto”, destacou Ana Patrícia Araújo.

O que é – A conferência é um processo democrático e participativo nas escolas, que reúne estudantes, professores e comunidade escolar para dialogar e refletir sobre as questões socioambientais, para elaborar um projeto de ação com o objetivo de transformar sua realidade e escolher representantes que levam adiante essas ideias acordadas.

A sua quinta edição terá como tema ‘Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas’, que reforça a implementação da Lei das Águas, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS e se associa aos preceitos do 8º Fórum Mundial da Água. O objetivo é mostrar a dimensão social e política da questão da água.

A conferência é dividia em quatro etapas: Escola, municipal/regional, estadual e a nacional. A primeira etapa está sendo executada nesse momento, com oficinas preparatórias nas escolas, que vão elaborar seus projetos de ação, de acordo com os conhecimentos adquiridos no cotidiano escolar e no material que receberam sobre a temática da conferência.

A escola divulgará seu projeto e elegerá um delegado e suplente, e compartilhará o resultado do trabalho com outras escolas e com a comunidade.

Luíz Fernando Riberio representante da Secretaria Estadual de Educação (SEE) na COE, explica que a Paraíba selecionará 17 projetos para levar à etapa nacional. Padem cadastras suas ideias os alunos de 11 a 14 anos de idade, que estejam cursando o Fundamental II (6º ao 9º ano).

Frutos virão – Flávia Suassuna, representante da Secretaria Executiva Estadual de Meio Ambiente, diz que o fruto do trabalho hoje realizado pela COE será um ambiente melhor preservado no futuro. “Criando uma consciência ambientalmente correta nessa geração, a gente consegue mais tarde um cuidado maior com o meio ambiente. A comissão é unida e forte e todos têm o mesmo objetivo que é o de levar os nossos jovens com seus projetos para a Brasília e mostrar como a Paraíba trabalha a questão ambiental. Tenho certeza que sairão projetos excelentes, assim como foi em edições anteriores”.

VIA: Governo da Paraíba

Deixe seu comentário