Construção de ‘Sala Segura de TI’ traz avanços inovadores à modernização da Receita Estadual

Construção de ‘Sala Segura de TI’ traz avanços inovadores à modernização da Receita Estadual

09/11/2018 às 18:00 Vista: 165 Vez(es)

Os dados armazenados de mais de 100 mil contribuintes paraibanos nos equipamentos de alto padrão de tecnologia de informação da Receita Estadual estão, agora, em um ambiente físico tecnicamente adequado, numa estrutura especial e ainda mais protegido com a construção da ‘Sala Segura de TI’.

A ‘Sala Segura de TI’, que foi uma solução encontrada pelo Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) da Receita Estadual para proteção física de data centers robustos e programas de última geração, reúne equipamentos de solução de servidores de grande porte de armazenamento de dados; e que usam licenças de uso de software Vmware, solução para estruturação da rede lan, solução de segurança de rede corporativa, gavetas de Storage (Armazenamento de Dados), subscrições de software JBoss, solução de backup corporativo, solução de Banco de Dados (equipamentos e softwares) e de servidores tipo Rack.

Esses equipamentos e programas foram adquiridos pelos investimentos do Profisco (Programa de Modernização e Fortalecimento da Gestão Fiscal do Estado), por meio de contrato de empréstimo entre o Governo a Paraíba e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), que foi implementado pela Secretaria de Estado da Receita nos últimos seis anos (2012 a 2018).

“Uma das ações mais relevantes foi a escolha criteriosa do local onde seria instalada a Sala Segura de TI, considerando os aspectos relativos às dimensões do ambiente, facilidade de acesso para o transporte e a instalação dos equipamentos, necessidade de adequações estruturais no ambiente e segurança, não tendo sido necessária a adoção de medidas complementares”, revelou o gerente de Tecnologia da Informação da Receita Estadual, auditor fiscal Rômulo Agra.

SER-PB tem status de alta disponibilidade – “A construção da Sala Segura conclui o projeto de instalação do chamado “site backup”, que é uma estrutura duplicada de dados, o que trouxe à Receita Estadual o status de ter alta disponibilidade dos sistemas para os usuários”, destaca Rômulo Agra. Ou seja, a Receita Estadual conta atualmente com uma estrutura de armazenamento duplicada em dois lugares distintos como forma de ampliar a segurança. Caso ocorra algum problema como uma queda de energia ou incêndio, o outro sistema continua armazenando e processamento os dados sem qualquer prejuízo ou dano aos serviços oferecidos aos contribuintes.

O gerente de Tecnologia da Informação reforça que a construção da ‘Sala Segura de TI’ veio atender “a uma necessidade da Secretaria de Receita do Estado em ter um ambiente físico tecnicamente adequado, que proporcionasse estabilidade e segurança aos equipamentos adquiridos de grande porte como data centers e uma infinidade de programas adquiridos nessa atual gestão para melhorar o processamento de milhões de dados dos contribuintes”, avaliou.

Impactos positivos com Sala de Segura – A implantação da Sala Segura de TI trouxe impacto positivos, principalmente em relação à qualidade do atendimento do usuário interno como externo (contribuintes e contadores), por proporcionar maior estabilidade aos sistemas e serviços oferecidos pela secretaria, além de minimizar o tempo de indisponibilidade dos serviços oferecidos pelo portal da Receita Estadual. Rômulo Agra ressaltou ainda o apoio dos secretários da Receita Estadual, Marialvo Laureano (2011-2016), e do atual Marconi Marques Frazão, para a concretização da obra Sala Segura e do êxito do projeto do Profisco.

O gestor do Programa de Modernização Fiscal do Estado da Paraíba (Profisco-PB), Jefferson Rolim, destacou os resultados expressivos e inovadores do Profisco para a gestão fiscal do Estado, que foi iniciado em maio de 2012 e concluído este ano, com utilização de praticamente 100% dos recursos disponibilizados pelo BID. “Podemos pontuar toda a infraestrutura construída de Tecnologia da Informação, dos equipamentos de grande porte de armazenamentos e processamentos de dados de última geração, licenças de softwares adquiridos, o que projetou a Secretaria de Estado da Receita para o futuro. Em termos de tecnologia, temos resultados significativos e inovadores que deram um salto à Receita Estadual, que agora pode ser vista como um órgão de ponta em termos de tecnologia não apenas no Estado, assim como em relação às demais secretarias de Fazenda dos estados do país”, resumiu.

A responsabilidade pelo desenvolvimento e implantação do produto em sintonia com o gestor do Profisco, Jefferson Rolim, foi da equipe da Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) da Receita Estadual. Toda a tramitação e preparação da aquisição foram trabalhadas em conjunto tanto do Profisco como a área administrativa, pois todo processo administrativo precisou tramitar por diversos setores da administração pública e da área jurídica, pois havia imposição de ditames jurídicos para concretização da contratação.

Referente ao desenvolvimento e implantação do produto, o gerente da GTI, Rômulo Agra, destacou “o sucesso do planejamento realizado, minimizando os riscos inerentes à sua implantação. Além disso, a nova estrutura permite uma grande escalabilidade para a Receita Estadual, permitindo a expansão de seu data center sem a necessidade de novos investimentos a curto prazo. Entretanto, o produto requer a existência de serviços de manutenção preventiva e corretiva para garantir sua longevidade, acarretando custos correntes”.

O que é uma Sala Segura – A ‘Sala Segura’ foi a solução encontrada pela Receita Estadual para proteção física de data centers e dos equipamentos de TI que fazem o armazenamento de dados dos contribuintes contra os diversos riscos derivados, sejam eles de incêndio, de mudança de temperatura, de roubo (acesso por biometria), e de outros riscos inerentes aos equipamentos de alto padrão. A construção da sala, que conta com uma estrutura física e um sistema elétrico diferenciado, recebeu investimento de mais de R$ 1 milhão do Profisco.

A Sala Segura abriga equipamentos de hardwares e de softwares, incluindo as licenças, avaliados aproximadamente em R$ 7 milhões.

O post Construção de ‘Sala Segura de TI’ traz avanços inovadores à modernização da Receita Estadual apareceu primeiro em Governo da Paraíba.

VIA: Governo da Paraíba

Deixe seu comentário