Dustin Hoffman é novamente acusado por assédio

Dustin Hoffman é novamente acusado por assédio

10/12/2017 às 18:00 Vista: 211 Vez(es)

Parece que mais um caso  de abuso envolvendo o ator Dustin Hoffman (“Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe”) veio à tona nesta sexta-feira (08). Dessa vez, o ator foi acusado de assediar sexualmente a atriz Kathryn Rosseter (“Velocidade Máxima 2”), que expôs o caso ao The Hollywood Reporter. Segundo ela, o assédio aconteceu em 1983, quando os dois atuaram na peça “A Morte do Caixeiro Viajante”.

Na época, Rosseter era uma atriz aspirante e desconhecida, e Hoffman teria ajudado ela a conseguir o papel. Os avanços de Hoffman começaram de forma inofensiva, com pedidos de massagem nos pés e nas costas, até evoluir para algo cada vez mais desconfortável:

“Uma noite em Chicago, senti a mão dele deslizando pela parte interna das minhas coxas. Fiquei completamente surpresa e tentei afastá-lo enquanto observava a minha deixa no palco. Após as apresentações, ele estava sempre ocupado com o produtor e o diretor, então eu não tinha como abordá-lo. Aconteceu em quase todas as apresentações, de seis a oito shows por semana. Eu não podia falar com ele no momento porque eu estava com o microfone ligado. Ele continuava fazendo, e foi ficando cada vez mais agressivo. Numa noite, ele começou a enfiar os dedos em mim. Noite após noite, eu voltava para casa e chorava. Eu me afastei e fiquei deprimida e não me relacionei com ninguém mais no elenco. Como o homem que lutou para que eu conseguisse o papel, que elogiou meu trabalho e, definitivamente, lançou minha carreira, que me ajudou com seus conhecimentos de ator, também podia abusar sexualmente de seu poder? Era minha culpa?”.
A atriz conta que também foi assediada em eventos públicos. Segundo ela, Hoffman era “habilidoso” e evitava ser fotografado.

“Nas festas, sempre que ele tirava uma foto comigo, ele pegava em meus seios, e sempre antes de conseguirem fotografar ele tirava as mãos. Ele era muito habilidoso em evitar ser fotografado”.
Essa não é a primeira vez que o ator é acusado de assédio. Recentemente, Hoffman foi denunciado por assediar a escritora e produtora Wendy Riss Gatsiounis (da série “Reign”) e a escritora Anna Graham Hunter no set da adaptação para a TV de “A Morte do Caixeiro Viajante” em 1985. Os representantes do ator se recusaram a comentar sobre o assunto.

As acusações contra Hoffman fazem parte de uma série de revelações contra abusadores em Hollywood, iniciada em outubro. Entre os casos, destacam-se o do produtor Harvey Weinstein, que foi expulso do sindicato dos produtores após as denúncias; o diretor James Toback (“Nunca Fui Amada”), denunciado por mais de 300 mulheres; o diretor Brett Ratner (“Hércules”), que foi acusado por seis mulheres; o ator Kevin Spacey (“Em Ritmo de Fuga”), demitido do seriado “House of Cards“ após ser denunciado de abusar de membros da produção; e o diretor Bryan Singer (“X-Men:Apocalipse“), acusado de estuprar um jovem de 17 anos em 2003.

O post Dustin Hoffman é novamente acusado por assédio apareceu primeiro em Polêmica Paraíba.

VIA: Polêmica Paraíba

Deixe seu comentário