Governo amplia saques do PIS/Pasep e libera R$ 39,3 bi na economia

Governo amplia saques do PIS/Pasep e libera R$ 39,3 bi na economia

13/06/2018 às 20:00 Vista: 28 Vez(es)

 

Trabalhadores com menos de 60 anos ganharam o direito a sacar recursos que estão parados na conta do PIS/Pasep. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira, 13, pelo presidente Michel Temer. A retirada poderá ser feita a partir da segunda-feira, 18. Para quem não tem pressa, pode ser interessante esperar até agosto, já que as contas são remuneradas anualmente no mês de julho. No ano passado, a remuneração ficou em 8%.

A ação beneficiará cotistas com menos de 60 anos que trabalharam com carteira assinada entre 1971 e 1988. Antes da medida, o dinheiro só poderia ser sacado por maiores de 60 anos.

O governo estima que os trabalhadores com menos de 60 anos têm cerca de R$ 16 bilhões nas contas do PIS/Pasep. Somados os demais trabalhadores com mais de 60 anos, a ação tem potencial de injetar R$ 39,3 bilhões na economia e poderia reforçar o Produto Interno Bruto (PIB) em até 0,55 ponto porcentual, segundo o Ministério do Planejamento.

“O impacto potencial depende da procura. É importante que o trabalhador saiba que tem esse direito”, disse o secretário de gestão do Ministério do Planejamento, Gleisson Rubin.

Estimativa do Ministério do Planejamento indica que, na média, cada conta do PIS/Pasep registra valor médio de R$ 1.000. Segundo o Ministério do Planejamento, nas atuais condições do programa de saque, já haviam sido retirados R$ 5 bilhões por 3,6 milhões de trabalhadores.

Os saques começam na segunda, 18, e serão interrompidos no dia 29 de junho. Em julho, não será possível movimentar recursos porque é o período anual em que todas as contas são remuneradas. Os saques voltam em 8 de agosto e, para quem tem menos de 60 anos, o período de saque será encerrado em 28 de setembro. Trabalhadores com mais de 60 anos poderão continuar sacando os recursos normalmente, inclusive após essa data.

Diante desse calendário, o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, sugere esperar agosto para receber o dinheiro. “A remuneração de 2017/2018 será paga em julho. No ano passado, foram 8% de reajuste no exercício”, disse o presidente do BB.

Trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa Econômica Federal. Já os servidores públicos precisam se dirigir ao Banco do Brasil. Os dois bancos já oferecem pela internet uma plataforma para verificar se o trabalhador tem recursos a receber. Se tiver, poderá sacar o dinheiro, ou, caso já tenha conta nesse banco, receberá em 8 de agosto diretamente em conta. Caffarelli disse que, se necessário, os dois bancos públicos estão preparados para adotar esquema especial de atendimento para os saques, como feito na retirada do FGTS.

O post Governo amplia saques do PIS/Pasep e libera R$ 39,3 bi na economia apareceu primeiro em Polêmica Paraíba.

VIA: Polêmica Paraíba

Deixe seu comentário