Romeira morre enquanto fazia sua primeira romaria para Aparecida

Romeira morre enquanto fazia sua primeira romaria para Aparecida

11/10/2017 às 21:00 Vista: 37 Vez(es)

A romeira que morreu ao ser atingida por um galho de árvore a caminho de Aparecida nesta terça-feira (10) fazia a peregrinação a pé pela primeira vez, para cumprir uma promessa e agradecer a cura de uma doença respiratória.

A analista de sistemas Polyana Abrahão, de 47 anos, saiu de São Paulo e fazia sozinha o trajeto da Rota da Luz, um dos roteiros utilizados por peregrinos para chegar ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida. O acidente foi por volta de 17h, quando o galho caiu e atingiu a mulher, na área rural de Pindamonhangaba.


“Ela saiu sozinha aqui de São Paulo, mas sabemos que ela encontrou alguns grupos e seguia com eles. Na hora do acidente, não sabemos se ela estava com um grupo, mas sei que viram o acidente e acionaram o Samu”, contou a filha da vítima, Carolina Abrahão. De acordo com a prefeitura, ela foi socorrida pelo Samu, mas já chegou morta no pronto-socorro da cidade.

Polyana fazia a Rota da Luz a pé, mas foi ‘adotada’ por grupos de romeiros durante o trajeto, que a ajudavam compartilhando a estrutura de apoio e a acompanhando.

A filha conta que a mãe fez a promessa à Nossa Senhora Aparecida no começo do ano para curar as crises de rinite, que associadas com a alergia que ela tinha, causavam muita falta de ar. “Ela não conseguia levantar quando tinha essas crises, ela ia para o hospital e ficou internada muitas vezes. A partir de julho ela melhorou e parou de ter essas crises, por isso decidiu ir a pé para lá para cumprir a promessa e agradecer”, contou.

Para aguentar o ritmo, há cerca de um mês Polyana começou a fazer caminhadas e se preparar. “Não é fácil, mas ela estava aguentando bem. Nunca esperavámos que isso poderia acontecer. Ela transbordava amor, alegria, compaixão, sabedoria, sempre tinha uma palavra amiga, um conselho, algo que acalentava o coração dos amigos, familiares e até desconhecidos”, disse Carolina.


“Ela estava fazendo o caminho da luz diretamente para a luz de Nossa Senhora Aparecida, que a levou para perto dela e de Deus’, afirmou a filha. O enterro está previsto para esta quinta-feira (12) em Bilac (SP), cidade onde a vítima nasceu. Além de Carolina, ela deixa outros dois filhos.

A analista normalmente caminhava em ritmo mais lento, se mantendo um pouco atrás do grupo. Não é possivel afirmar se havia outras pessoas com ela no momento do acidente, mas os romeiros que a acompanhavam acreditam que sim. A Rota da Luz é um trajeto entre Mogi das Cruzes e Aparecida, que soma 201 quilômetros.

O post Romeira morre enquanto fazia sua primeira romaria para Aparecida apareceu primeiro em Polêmica Paraíba.

VIA: Polêmica Paraíba

Deixe seu comentário