Vereadora acusa prefeito de dar golpe ao suspender concurso e não devolver taxas

Vereadora acusa prefeito de dar golpe ao suspender concurso e não devolver taxas

19/06/2017 às 18:00 Vista: 60 Vez(es)

A vereadora Adeilza Procópio (PHS) está denunciando um favorecimento da Prefeitura de Prata, no Cariri do estado, por ter se apropriado indevidamente do dinheiro arrecadado da taxa da inscrição do concurso da prefeitura, que foi cancelado em julho de 2016.

Segundo a vereadora, uma comissão de concurseiros a procurou para denunciar que a Prefeitura de Prata não fez a devolução do dinheiro de quem pagou a taxa de inscrição do concurso.  Já vai fazer um ano sem nenhum posicionamento da gestão municipal.

“Fui procurada pelos candidatos e eles me contaram a saga que estão fazendo desde o ano passado para receber o dinheiro que pagaram a taxa de inscrição. As pessoas já falaram em golpe e pretendem acionar o Ministério Público. Não há transparência na Prefeitura e isso tem que ser resolvido. Lamentavelmente que as terão que entrar na Justiça para serem ressarcidas”, comentou a vereadora.

O concurso foi aberto em maio de 2016 para  preencher 144 vagas em cargos de todos os níveis escolares. Os salários oferecidos pela Prefeitura de Prata variavam entre R$ 880 e R$ 2.500. Os valores das taxas de inscrição eram de R$ 40 a R$ 60.

O post Vereadora acusa prefeito de dar golpe ao suspender concurso e não devolver taxas apareceu primeiro em Portal do Litoral PB.

VIA: Portal do Litoral PB

Deixe seu comentário