Bruno inaugura a Central de Imprensa William Monteiro e exalta a trajetória pessoal e profissional do homenageado | Prefeitura Municipal de Campina Grande

O prefeito Bruno Cunha Lima inaugurou, na noite desta terça-feira, 14, a Central de Imprensa Jornalista William Monteiro de Lima, localizada no Centro Cultural Lourdes Ramalho, e que funcionará até o dia 10 de julho, como espaço de apoio às equipes jornalísticas da Paraíba e do Brasil que fazem a cobertura d’O Maior São João do Mundo. A decisão de homenagear o jornalista William Monteiro, falecido em 2019, foi do próprio prefeito campinense. Por isso, na presença de familiares, amigos, jornalistas e lideranças políticas, Bruno destacou os traços marcantes da personalidade do saudoso homem de imprensa.

Segundo Bruno, o jornalista homenageado sempre foi um símbolo de lealdade, amizade, ousadia e transparência, tendo um “jeito peculiar de ser e de se conduzir nas suas atividades pessoais e profissionais”. Conforme lembrou, com William recebeu ricos ensinamentos, seja no âmbito da política, da história e da cultura em geral. “Por conta de tudo isso, não tive dúvidas em escolher o nome daquele amigo e grande profissional, para dar nome a esta Central de Imprensa”, afirmou, sob aplausos.

imagem15-06-2022-01-06-24 imagem15-06-2022-01-06-25 imagem15-06-2022-01-06-26 imagem15-06-2022-01-06-28 imagem15-06-2022-01-06-29 imagem15-06-2022-01-06-30 imagem15-06-2022-01-06-31 imagem15-06-2022-01-06-32 imagem15-06-2022-01-06-34 imagem15-06-2022-01-06-35 imagem15-06-2022-01-06-36

O prefeito fez questão de recordar momentos marcantes da sua convivência com Monteiro, recordando que ao fazer o seu primeiro discurso, em evento no bairro da Liberdade, recebeu da parte do jornalista a precisa avaliação da sua trajetória inicial como orador, além de resgatar outras circunstâncias que ainda hoje permanecem na sua memória. “De fato, foram muitas as histórias vivenciadas ao lado do querido amigo, o estimado Nezinho, que foi alguém que sempre me acolheu de uma forma muito especial. Ele sempre me trouxe palavras de estimulo e acréscimo”, reconheceu Bruno. Por fim, o prefeito disse que a homenagem agora prestada é apenas um gesto simbólico perto daquilo que pretende fazer em memória a personalidades do gabarito de William Monteiro. Segundo ele, o governo municipal está prestes a iniciar uma série de grandes obras na cidade e, por isso, uma das realizações, a ser instalada na Zona Sul de Campina Grande, levará o nome de Jornalista William Monteiro, como forma de enaltecer aquele cuja vida foi dedicada à Rainha da Borborema.

“O nosso compromisso é fazer com que a sua vida não seja esquecida, a exemplo de tantas marcas deixadas por ele na cidade, como as centenas de árvores que, ao longo da vida, plantou no Parque da Liberdade e em outros recantos de Campina Grande”, garantiu o prefeito, acrescentando: “No que depender de nós, ele vai continuar vivendo, sempre!”.

Além do prefeito, fizeram discursos emocionados sobre o homenageado o jornalista Marcos Alfredo (coordenador da Codecom), Gilbran Asfora (chefe de Gabinete) e o ex-senador Cássio Cunha Lima, cuja mensagem foi apresentada por meio de um vídeo.

Em nome da família do homenageado, falou a sua filha, Karenine Lima, que agradeceu ao prefeito Bruno Cunha Lima pela oportuna e significativa iniciativa. Bruno também fez a entrega de uma placa à senhora Socorro Farias, esposa de William Monteiro. A solenidade foi prestigiada ainda pelo deputado estadual Tovar Correia Lima; os vereadores Dinho Papaléguas, Sargento Neto, Waldeny Santana e Frank Alves, como também pelo secretário municipal de Agricultura, Renato Gadelha.

Trajetória de William Monteiro

William Monteiro de Lima, nasceu no interior de São Paulo, na cidade de Presidente Prudente, onde residiu até os 8 anos de idade, quando veio junto com sua família morar em Campina Grande. Advogado e jornalista por formação, passou por várias redações do Estado, tendo iniciado sua carreira profissional no Diário da Borborema. Foi também secretário executivo da Bolsa de Mercadorias da Paraíba.

Atuou como assessor do ex-prefeito Ronaldo Cunha Lima. Logo depois coordenou a assessoria de imprensa do então superintendente da Sudene, Cássio Cunha Lima, com quem passou a trabalhar como assessor por mais de 30 anos, tendo a oportunidade de conhecer todos os cantos do estado, mas principalmente de Campina Grande, cidade que adotou como sua e declarou seu amor uma vida toda.

Em 2010, ele decidiu que precisava deixar algo que pudesse perdurar e contribuir de forma significativa para as próximas gerações. Assim, plantou mais de mil árvores por toda a cidade. Essa se tornou a sua missão e nos últimos 20 anos se dedicou de forma discreta e anônima a estudar, plantar, cuidar, recuperar e regar as centenas de mudas de árvores, em diversas áreas da cidade.

Entre tantas outras localidades, a que se dedicou, em seus últimos meses de vida, destaca-se o Parque da Liberdade, onde com maior zelo e dedicação plantou suas últimas mudas. Para o local, levou seus netos, Davi, Luísa e José, objetivando plantar e cuidar das suas mudas favoritas. Atualmente, no Parque da Liberdade, também em sua homenagem, existe o Bosque da Caatinga jornalista William Monteiro de Lima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.