Exposição Horizonte Art Déco começa nesta quarta-feira na Galeria Irene Medeiros | Prefeitura Municipal de Campina Grande

Em 15 telas, a fotógrafa e jornalista Valdívia Costa retrata fachadas e conjuntos arquitetônicos de um dos maiores acervos este estilo no Brasil e no mundo

A exposição física e digital Horizonte Art Déco será aberta nesta quarta-feira (15) na Galeria Irene Medeiros, anexa ao Teatro Municipal Severino Cabral. São 15 telas expostas, com outras imagens sobressalentes no site https://horizonteartdeco.com.br, da fotógrafa e jornalista Valdívia Costa. A exposição, que permanecerá até 30 de junho, é um apelo para a revitalização de um patrimônio arquitetônico que vem se diluindo ao longo dos anos.

imagem14-06-2022-15-06-18

Horizonte Art Déco, uma contrapartida da Lei Aldir Blanc, tem o aconselhamento editorial do professor arquiteto da UFCG, Marcus Vinícius Dantas de Queiroz, que é autor de uma das fontes de pesquisa das informações da exposição, o e-book “Quem te vê não te conhece mais”. Informações do jornalista Walter Tavares e artigo do professor de Design da UFPR, José Marconi Bezerra de Souza, também foram utilizados.

A produção de todo trabalho gráfico e desenvolvimento Web foram realizados por Nathália Clementino, a impressão das telas e montagem foi de Herrisson Dias e o apoio geral foi de Toninho Borbo e Marley Lucena. A ideia da exposição é mostrar para ser lembrado, como patrimônio material, histórico e cultural, ameaçado pelas intervenções urbanas das mais diversas e até pelo mau gosto e ignorância sobre sua importância.

imagem14-06-2022-15-06-20

De acordo com a jornalista, a exposição é mais um apelo para a revitalização ou projeto de destaque para o acervo, que é um dos maiores do Brasil e do mundo. “Essencial para manter o acervo arquitetônico é um projeto de revitalização e valorização desse que é um dos maiores de Campina Grande, do Brasil e até do mundo. Apenas um projeto de revitalização do Art Déco foi colocado em prática e somente na rua Maciel Pinheiro, em 1999”, comentou Valdívia Costa.

O Art Déco é conhecido pelas linhas geométricas inspiradas em diversificados referenciais artísticos da história da humanidade. O estilo foi lançado na Exposição Internacional de Artes Decorativas de Paris, em 1925. Em Campina Grande, essas caraterísticas estão sendo destruídas ou substituídas, principalmente dos edifícios construídos no Centro da cidade.

“Pouco a pouco essa arquitetura, que tanto exalou o glamour da arte, está sendo abafada. Do Cassino Eldorado, que também expõe, em ruínas, a fachada e platibanda do estilo das décadas de 1940 e 1950, aos prédios públicos, como a antiga estação ferroviária, é necessário intervir. É urgente que todos os apelos visuais sejam implementados e que um novo projeto salve o Art Déco de Campina Grande!”, concluiu.

Serviço:

O quê: Exposição Horizonte Art Déco

Local: Galeria Irene Medeiros

Horário de visitação: 8h às 12h e 14h às 20h

Fontes: E-book “Quem te vê não te conhece mais”, do professor arquiteto da UFCG, Marcus Vinícius Dantas de Queiroz, postagens do jornalista Walter Tavares e artigo do professor de Design da UFPR, José Marconi Bezerra de Souza.

Codecom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.