ZERO83

Notícias da Paraíba e Nordeste, futebol ao vivo, jogos, Copa do Nordeste

De portões abertos até 16h, Ação Cidadania Para Elas traz garantia de direitos, serviços e autoestima para mulheres

Portões do Albano Franco abertos às 9h10. Os passos seguintes eram de mulheres que sabem que o dia é delas. Na primeira Ação Cidadania Para Elas, o que não faltam são serviços e um olhar atento às necessidades das mulheres sul-mato-grossenses.

Realização da Fiems, TV Morena e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Estado da Cidadania, são esperadas mais de 3 mil mulheres ao longo  deste sábado (9), no Albano Franco.

Mobilização foi intensa para que mulheres de todas as regiões marcassem presença.

A mobilização foi intensa nos bairros, com disponibilização de ônibus e veículos que pudessem trazer as protagonistas da ação.

Do Bairro Aero Rancho, dona Maria Trindade, aposentada de 76 anos, foi uma das primeiras a chegar. Saiu de casa de madrugada para não perder a chance de fazer o RG.

“Fiquei sabendo pela televisão, e eu sei que vai ter bastante coisa. Trouxe minha certidão de casamento e outros documentos para fazer a identidade, mas vou conversar com o pessoal para ver o que mais dá pra fazer”, conta.

Maria Trindade saiu de madrugada para não perder a oportunidade de fazer o novo RG.

Confeiteira, Ana Paula da Silva, de 55 anos, veio do Bairro Parati. Aproveitando o corte de cabelo, ela brilhava os olhos ao falar da importância de ações voltadas só para elas.

Com um histórico de quem sofreu violência doméstica quando a legislação estava muito aquém de atender os direitos das mulheres, Ana Paula diz que saber das informações é o primeiro grande passo para se reconhecer como vítima.

“Participei de passeatas pela Lei Maria da Penha, quando eu passei pela violência não tinha o apoio que a gente tem hoje. Então, ver aqui a Delegacia, os serviços, as políticas públicas é excelente, porque as pessoas passam a ter conhecimento de que violência psicológica é uma violência tanto quanto a física”, exemplifica.

Ana destacou as orientações e o acolhimento das mulheres. (Foto: Maciulevicius/SEC)

Entre passos de dança, alongamento e sorrisos, Andreia Pantoja, de 49 anos, conta que veio num comboio com as amigas da igreja do Estrela Dalva.

“Eu estou achando muito massa, muito bom para o Dia das Mulheres, porque o povo esquece que a gente trabalha fora ou em casa, e fazer hoje isso é ótimo. Aqui já fiz exame da glicemia, vou ao dentista à tarde, vi minha pressão, as vacinas que estão em dia”, descreve.

Ação Cidadania Para Elas

A programação segue até 16h, com entrada gratuita, no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco (Av. Mato Grosso, 5017 – Carandá Bosque). As crianças são muito bem-vindas em um espaço kids montado pela Fundesporte com atividades e brincadeiras.

Por ser um evento voltado ao público feminino, somente mulheres e seus filhos que sejam crianças ou adolescentes serão atendidos.

Ao lado das amigas da igreja, Andreia aproveitou serviços e também se exercitou. (Foto: Paula Maciulevicius/SEC)

Serviços

Ao longo do dia serão ofertados serviços gratuitos de cidadania, além de uma série de painéis, rodas de conversa e cursos profissionalizantes, com objetivo de ampliar as perspectivas das mulheres, seja no aspecto pessoal ou profissional.

Reunindo parceiros do poder público e da iniciativa privada, a ação está oferecendo serviços como emissão de documento de identidade e CPF, cadastro em programas habitacionais, consultoria sobre abertura de empresas e empreendedorismo, entre outros. Haverá distribuição de lembranças e sorteio de brindes às mulheres que passarem pelo local.

Ao todo, são 12 instituições do Governo do Estado presentes com diversos serviços. Para a secretária de Estaco da Cidadania, Viviane Luiza, a ação em parceria com a Fiems e a TV Morena é a união de esforços para o fortalecimento da cidadania.

“Nós conseguimos atingir um público inédito, trazendo especificamente para as mulheres, a promoção dos serviços da cidadania para que elas sejam evidenciadas e colocadas no centro da importância que elas têm. Estamos falando de mais de 52% da nossa população, 460 mil mulheres que chefiam casas, e trazer os serviços é mostrar que elas não estão sozinhas, que nós estamos trabalhando a transversalidade, um dos princípios do Governo do Estado, que é de trabalho em equipe para o fortalecimento de todas as ações”.

Para a vice-presidente da Fiems, Claudia Volpini, atender o público exclusivamente feminino é dar protagonismo às mulheres que são a maioria das mão-de-obra das indústrias.

“Além das mulheres serem bastante atuantes e formadoras de opinião, elas são a maioria, a grande parte da nossa mão-de-obra. Nós aproveitamos o fato de ontem ter sido o Dia da Mulher para fazer este evento voltado à elas em um dia muito produtivo, com dezenas de ações em prol da cidadania, porque esta também é a nossa natureza”, diz.

* Parceiros*
• Secretaria de Estado da Cidadania
• Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública)
• Funtrab
• Defensoria Pública Estadual – Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher
• SEAD – Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos
• DEAM – Delegacia de Atendimento à Mulher
• Ceamca (Centro Especializado de Atendimento à Mulher, à Crianças e ao Adolescentes em Situação de Violência)
• Casa da Mulher Brasileira – Prefeitura Municipal de Campo Grande/ Subsecretaria de Políticas para Mulher
• AGEHAB – Agência de Habitação Popular do Estado de Mato Grosso do Sul
• Receita Federal
• Correios
• Águas Guariroba
• Procon
• AGEMS (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul)
• Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul
• Polícia Militar – Promuse
• Senai
• IEL
• Sesi Educação/SST
• Detran
• Projeto Social Autis(si)mo
• Escola de Cabeleireiro Flavinho
• Instituto Cruzeiro
• Associação do Bem
• Sebrae
• Centro Estadual de Cidadania LGBTQIA+ e Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul (ATTMS)
• Sesi Saúde
• Lions Clube
• SES (Secretaria de Estado da Saúde)
• Sesau (Secretaria Municipal da Saúde de Campo Grande)
• Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores MS)
• Comando Militar do Oeste (Hospital Militar de Área de Campo Grande)
• Conselho Regional de Farmácia de MS
• Associação de Doulas de MS
• Fundesporte
• Organização de Mulheres Empreendedoras.

Paula Maciulevicius, da Comunicação da SEC

Fotos: Matheus Carvalho/SEC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *