ZERO83

Notícias da Paraíba e Nordeste, futebol ao vivo, jogos, Copa do Nordeste

Sorocaba evolui seu desempenho em saneamento básico e recebe nota acima de 9 – Agência de Notícias

Além disso, a cidade ocupa a 9ª colocação no ranking, quando consideradas as cidades com mais de 500 mil habitantes

Após uma sequência de índices positivos, desta vez, no saneamento básico do município, Sorocaba atingiu a nota 9,02 na 16ª edição do Ranking do Saneamento, do Instituto Trata Brasil, ocupando a 9ª colocação no ranking, considerando as cidades com mais de 500 mil habitantes. O levantamento divulgado nesta quarta-feira (20) celebra o Dia Mundial da Água (22 de março).

Nesse aspecto, Sorocaba fica à frente de cidades do mesmo porte ou até maiores, entre elas, Santo André (SP), São José dos Campos (SP), São Bernardo do Campo (SP), Osasco (SP), além de importantes capitais, como Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG) e o Distrito Federal, Brasilia.

Quando se olha o índice geral, das 100 maiores cidades do País com melhor desempenho em saneamento básico, Sorocaba segue se destacando e ocupa a 25ª posição entre alas. Mais importante é que nosso município continua avançando nos indicativos de eficiência em saneamento básico verificados nesse levantamento. Em 2023, a cidade alcançou a nota geral de 8,84 pontos, tendo, portanto, avançado nesse segmento no último ano. O resultado consolida uma tendência, já que, nos anos anteriores foram apontadas as notas 8,56, em 2022; 8,12, em 2021 e 7,93, em 2020. Para alcançar o resultado positivo obtido no avanço geral da última pesquisa, o Saae/Sorocaba realizou um investimento médio de R$ 114,16 por habitante.

O primeiro indicador é o de atendimento total de água. Sorocaba teve índice de 98,51%, o que faz com que o município esteja entre as 17 melhores notas do País, sendo que a média brasileira é de 84,92%. No segundo indicador, que é sobre atendimento total de esgoto, com 98,54%, Sorocaba obteve nota 10, dividindo a liderança com outras 19 cidades, ao passo que a média no Brasil é 56% em coleta de esgoto.

Outro quesito do Ranking do Saneamento analisa a parcela da população com o serviço de tratamento de esgoto, no qual Sorocaba divide a liderança, com a nota máxima, junto com outras 17 cidades, com o índice de 91,72%. Em contrapartida, a média total no Brasil foi de 52,23%.

Sobre o ranking

O relatório faz uma análise dos indicadores do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) do ano de 2022, publicado pelo Ministério das Cidades.

O levantamento feito para esse ranking busca mostrar quais são os desafios que o País ainda enfrenta para cumprir os compromissos nacionais e internacionais em água tratada, coleta e tratamento de esgoto. Desde 2009, o Instituto Trata Brasil monitora os indicadores dos maiores municípios brasileiros com base na população, com o objetivo de jogar luz sobre um problema histórico vivido no País. A falta de acesso à água potável impacta quase 32 milhões de pessoas e cerca de 90 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta de esgoto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *